RFC Request for comments

Documentos com especificações técnicas sobre as tecnologias da internet que são usados para a implementação de novas tecnologias e padronização.

Categoria de Management

Postado em 23 janeiro 2023

Atualizado em 23 janeiro 2023

Palavras-chave: rfc,internet,protocolo,tecnologia,documento,padronizacao,implementacao

Visualizações: 2122



A internet possui uma grande quantidade de diretrizes e normas de padronização para a implementação de novas tecnologias. Especialistas da área como desenvolvedores de software e técnicos de rede precisam de uma referência legítima abordando sobre as especificações técnicas necessárias para a compreensão da rede mundial de computadores.

Desde os primórdios da internet, esses documentos detalhados já eram publicados e continuam em vigor até os dias de hoje. O nome desses documentos são RFCs.

O que é RFC?

RFC é a abreviação da palavra “Request for comments”, em português “Solicitação de comentários”.

RFC é um serviço disponível gratuitamente na internet sem fins lucrativos que oferece documentos formais que estabelecem normas e padrões da internet. Esse serviço inclui documentos com detalhes técnicos, normas, procedimentos e recomendações de implementação de tecnologias de internet, como protocolos e serviços online.

Os RFCs estão sob o gerenciamento da IETF (Internet Engineering Task Force) que é uma comunidade global de engenheiros de rede e desenvolvedores de software que em conjunto trabalham para desenvolver e estabelecer padrões na internet. A IETF é supervisionada por um conselho de administração chamado IAB (Internet Architecture Board), porém é governada de modo aberto e colaborativo pelos membros. Qualquer pessoa pode enviar uma proposta para um novo RFC ou comentar documentos já existentes, porém isso exige processos como revisão e aprovação até a sua publicação. Por isso, algumas propostas de RFC podem ser negadas pela falta de qualidade e coerência.

Origem da RFC

O nome “RFC” foi atribuído pela fato de que inicialmente esses documentos eram usados como meio de solicitação para obter opiniões, idéias e propostas para criar diretrizes e padrões para a internet. Os RFCs começaram a ser publicados em 1960, quando a internet ainda estava em desenvolvimento inicial. Lembrando que os primeiros passos para a criação da internet foram dados em 1957 com o projeto chamado de ARPANET (Advanced Research Projects Agency Network).

Os RFCs continuam sendo documentos importantes para a comunidade IETF para desenvolver novas tecnologias e fazer recomendações de implementação. O conteúdo pode ser visualizado por qualquer usuário que esteja interessado no assunto.

Importância dos RFCs

Grande parte dos protocolos que usamos hoje foram especificados nos RFCs. Os protocolos TCP/IP, SMTP e DNS são exemplos disso. Alguns dos primeiros RFCs foram escritos por engenheiros e cientistas importantes como Vint Cerf, Bob Kahn, Steve Crocker e Jon Postel. Por essa razão, os documentos possuem um grande valor, conhecimento e histórico em relação a internet.

imagem do rfc 1149

RFCs criados para descontrair

Os RFCs 1149 e 2324 foram criados com o intuito de descontrair os usuários, portanto como descrito nos próprios documentos, não são recomendáveis para implementação. Os documentos abordam sobre os respectivos temas:

  • Transmissão de informação digital via pombo-correio RFC 1149
  • Protocolo de controle de pote de café de hipertexto RFC 2324

RFC 1149 Transmissão de informação digital via pombo-correio

O documento aborda sobre o protocolo IPoAC (IP over Avian Carriers), cujo protocolo faz a transmissão de dados através de pombos. O objetivo desse protocolo foi satirizar a complexidade dos processos de padronização do IETF, portanto não deve ser levado a sério. Apesar de não ter sido utilizado na prática, ganhou popularidade na internet pela sua forma criativa de manter a clareza nas especificações técnicas.

O RFC 1149 foi postado em 1990, sendo continuado nos RFCs 2549 no ano de 1999 e 6214 no ano de 2011. Todos os três RFCs foram postados no dia primeiro de abril, conhecido como o dia da mentira.

RFC 2324 Protocolo de controle de pote de café de hipertexto

Aborda sobre o protocolo HTCPCP (Hyper Text Coffee Pot Control Protocol). O documento foi postado em primeiro de abril de 1998 e especifica o protocolo HTTP com café.

O protocolo descreve como controlar a preparação do café, com procedimentos que evitam que o café fique muito fraco ou forte.

Conclusão

Os RFCs são documentos com extrema importância que descrevem com especificações técnicas as tecnologias da internet desde os anos 1960. Muitos desses documentos já foram escritos por pessoas importantes, como pioneiros de tecnologias de protocolo de rede. Por isso possuem um grande valor histórico e técnico.

Projetos práticos

Criando um jogo de guerra nas estrelas em javascript usando a biblioteca p5.js

Jogo simples de guerra espacial desenvolvido em javascript. Esse jogo usa cálculos de física para simular efeitos de atrito e inércia.

Integrando Laravel com o protocolo MQTT para comunicação entre dispositivos

Projeto de comunicação entre dois dispositivos ESP8266 e Raspberrypi4. Laravel irá funcionar como servidor e receptor de dados de temperatura e umidade coletados com o DHT11.

Desenvolvendo um jogo de quebra blocos em javascript

Programando um jogo clássico de arcade usando javascript e p5.js. O usuário deve quebrar os blocos utilizando uma bola ao mesmo tempo que evita que a bola saia pela parte inferior da tela

Desenvolvendo o campo de visão de um personagem em um plano 2D

Detectando objetos que entram dentro do campo de visão do personagem. Útil para servir de "gatilho" para eventos em um jogo.

Implementando um algoritmo de pathfinding

Implementando um programa que encontra a menor distância entre dois pontos dentro de um labirinto usando o algoritmo A* (a-estrela).

Veja também

Já pensou ser redirecionado para um site de banco falso?

O envenenamento de cache DNS redireciona o usuário para um site falso, mesmo digitando um URL legítimo. Como isso é possível??!!

Os computadores usam a numeração binária para a manipulação de dados em circuitos elétricos

A ausência e a presença de energia são dois estados que podem ser usados como valores. Esses valores são respectivamente zero e um.

IoT Internet of things

IoT é uma abreviação de Internet of things, que em português significa internet das coisas. Iot é qualquer dispositivo que se conecta com a internet.

HTTP, HTTPS e SSL

HTTPS é a versão evoluída do protocolo HTTP. O HTTPS utiliza o protocolo SSL, que torna a transferência de dados segura.

Beacon

Bastante parecido com um farol que serve como sinalização para navios. Beacon tem como função enviar informações e orientações para dispositivos próximos.

LPWA Low Power Wide Area

LPWA é a abreviação de Low Power Wide Area. LPWA é um modo de comunicação wireless entre dispositivos. É principalmente utilizado em dispositivos IoT.