PaaS (Plataforma como serviço)

Fornece a plataforma necessária para a implantação de softwares remotamente, economizando tempo e diminuindo custos de infraestrutura.

Categoria de Tecnologia

Postado em 02 abril 2022

Atualizado em 16 janeiro 2023

Visualizações: 703

A internet proporciona diversos serviços em nuvem que auxiliam com tarefas como gerenciamento de e-mails, armazenamento de arquivos e distribuição de conteúdo.

Exemplos de serviços disponíveis para o uso imediato é o SaaS. Em alguns casos, nem mesmo login é requerido para a utilização do SaaS. Geralmente é extremamente útil, porém nem sempre atendem a todos os interesses dos usuários.

Com o intuito de fornecer mais flexibilidade ao cliente, o serviço de fornecimento de plataforma como serviço surgiu. Em outras palavras, o PaaS.

O que é PaaS?

PaaS é a sigla para “Platform as a service”, em português, “Plataforma como serviço”. Esse serviço é um modelo de computação em nuvem e é responsável por fornecer a plataforma necessária para que aplicativos desenvolvidos de modo independente possam ser implementados.

Esse tipo de serviço é usado por empresas ou usuários individuais que querem implementar o seu software rapidamente sem se preocupar com infraestrutura. Toda a infraestrutura necessária para a implantação de softwares é disponibilizado através da internet.

plataforma como serviço paas

A plataforma já oferece todos os recursos necessários para o funcionamento do software, como banco de dados, sistema operacional e ferramentas de gerenciamento. Esses recursos garantem a segurança, monitoramento e análise, facilitando a manutenção e o mantimento do software.

Grandes exemplos de PaaS são:

  • Heroku
  • Netlify
  • AWS Elastic Beanstalk
  • Google App Engine

Qual é a vantagem de usar PaaS?

Alguns anos atrás, era necessário a obtenção e configuração de infraestrutura para criar servidores de hospedagem de sites. O desenvolvedor de um sites ou aplicativos online, precisava ter uma rede interna conectada com a internet, para que outros computadores ao redor do mundo pudessem acessar o conteúdo externamente. Isso demandava investimento, espaço e conhecimento para a preparação dos recursos que servem como plataforma.

Porém, ao utilizar PaaS, todos esses problemas podem ser resolvidos. Assim, os desenvolvedores podem se concentrar no desenvolvimento do software. Além disso, os custos podem ser bem menores.

paas

Quais desvantagens PaaS pode apresentar?

Alguns limites de personalização podem existir. Isso pode acontecer devido às restrições das ferramentas já disponibilizadas, uma vez que o cliente não tem a permissão de modificar configurações ou instalar pacotes na plataforma.

A dependência da plataforma também pode ser uma desvantagem. Caso a plataforma comece a dar problemas, a transição do software para outra plataforma pode ser um trabalho árduo.

Conclusão

PaaS possui inúmeras vantagens para empresas de pequeno porte principalmente com os baixos custos de manutenção. A infraestrutura já é disponibilizada para o uso, portanto não há a necessidade de contratação de técnicos especializados na área para manutenção de infraestrutura.

Seu objetivo é fornecer a plataforma necessária e facilitar a implantação de softwares, economizando tempo dos desenvolvedores.