Push e pull marketing

Estratégia que usa dois métodos opostos que se combinados de modo balanceado podem atrair clientes e vender produtos e serviços com mais efetividade.

Categoria de Estratégia

Postado em 09 setembro 2022

Atualizado em 09 setembro 2022

Visualizações: 93



Reconhecer as estratégias certas para cada situação de um negócio é importante para a estabilidade comercial. Diferente de empresas grandes e famosas, empresas pequenas não possuem tanta capital e conhecimento no mercado, necessitando de estratégias econômicas e eficientes.

Empresas jovens podem usar estratégias como quadro de modelo de negócios, design thinking e matriz de Ansoff. Esses métodos auxiliam na elaboração de idéias para novos produtos, melhor visão geral do negócio e dos métodos de venda.

Uma vez que o empreendedor esta com seu serviço ou produto pronto, o próximo passo será o marketing. Porém, qual marketing adotar? Pull ou Push?

O que é push e pull marketing?

Também chamado de estratégia push e pull, esse conceito é uma estratégia que busca atrair clientes e vender produtos e serviços com mais efetividade.

Push e pull, apesar de serem palavras com sentidos opostos, podem ser utilizadas ao mesmo tempo.

Push significa “empurrar” um produto ou serviço ao cliente, convencendo-lhe a comprar.

Pull significa “puxar”, mas nesse contexto pode ser expressado como “atrair”. A técnica de pull vende produtos e serviços sem a necessidade de “empurrar”, apenas esperando que o cliente venha por vontade própria e compre.

estratégia push e pull

O que é PUSH na estratégia de push e pull?

Push é uma estratégia bastante ativa, onde a empresa irá investir mais nos vendedores para que possam aumentar as vendas conversando diretamente com os clientes.

Exemplos de métodos de push para aumentar as vendas são descontos e mais parcelas na compra de produtos para os clientes e premiação para os vendedores com o intuito de aumentar a motivação e o desempenho.

O que é PULL na estratégia de push e pull?

Estratégia passiva para atrair clientes, tentando atrair o cliente com métodos como postagens em blogs e uso de propagandas na televisão, em panfletos e na internet. Web marketing também é um método pull.

Essa estratégia é mais utilizada a longo prazo, uma vez que os clientes é quem tem que procurar pela empresa para comprar. Assim, podendo não ser uma boa opção para empresas que acabaram de começar um negócio.

Quando utilizar a estratégia push e pull?

Negócios ainda recém-iniciados que acabaram de lançar um produto ou serviço, geralmente precisam de mais exposição do produto. Nesse caso uma “estratégia de ataque” deve ser adotada, exemplos disso é a diminuição de preço dos produtos com o intuito de vender mais e ganhar reconhecimento. Esse é um exemplo de push.

Produtos e serviços que já possuem certo reconhecimento já não precisam estar tão concentrados no “ataque”, podendo utilizar métodos passivos combinados com métodos ativos para aumentar ainda mais a demanda do produto ou serviço.

Em caso de empresas mais estáveis, o uso de ambas estratégias (push e pull) de modo balanceado pode ter um impacto positivo nas vendas.

Conclusão

Push e pull são estratégias opostas que se usadas em conjunto e de modo balanceado trazem grandes benefícios, uma vez que push “empurra” produtos aos clientes e pull “atrai” os clientes.

Empresas novas no mercado preferem optar investir mais no push, tentando ganhar mais reconhecimento e aumentar a quantidade de vendas.