Telemática

Utiliza tecnologias de informática e telecomunicação para efetuar transferência de dados entre dispositivos por longas distâncias.

Categoria de Tecnologia

Postado em 29 março 2022

Atualizado em 05 janeiro 2023

Visualizações: 591

O avanço da tecnologia trouxe muitas descobertas para várias áreas de tecnologia, como telecomunicação e informação.

Além disso, a integração de técnicas de diferentes áreas traz grandes inovações, principalmente na área digital. Isso permite o desenvolvimento de várias soluções que contribuem para a sociedade, globalização e comunicação.

A telemática foi uma das áreas que se aproveitou da integração de técnicas de telefonia e informática, trazendo grandes vantagens principalmente na área de locomotiva.

O que é a telemática?

A expressão “telemática” vem da junção das palavras “Telecomunicação” e “Informática”. Em inglês, a expressão é “telematics”.

Telemática é o uso de telecomunicação e informática para realizar a comunicação entre dispositivos por longas distâncias, possibilitando também a comunicação em tempo real. A comunicação em tempo real só é possível porque a telemática permite a transferência de dados entre dispositivos com uma alta velocidade. Sistemas que precisam processar dados e tomar decisões com eficiência optam por tecnologias como a telemática.

A velocidade de transmissão pode variar dependendo do material utilizado e do protocolo de comunicação adotado. Redes de telefonias de 2G permitem a transferência de dados com até 1 megabit (0,125 megabytes) por segundo. Sistemas que utilizam 4G podem ter uma velocidade de transmissão de até 1 gigabit (125 megabytes) por segundo.

Os protocolos utilizados por dispositivos telemáticos podem variar, porém os mais frequentes são o HTTP, IP (Protocolo da internet) e SDTP (Protocolo de transporte de dados de sessão).

Um dispositivo telemático pode receber, coletar, processar e exibir dados, assim como também pode transmitir informações através de tecnologias de telecomunicação como 4G ou redes de satélite. Tecnologias como o GPS é um exemplo de telemática, uma vez que o dispositivo GPS pode receber sinais do satélite e em seguida, processando e exibindo informações como localização atual do dispositivo.

Dispositivos telemáticos pertencem a tecnologia da internet das coisas (IoT), podendo integrar atuadores e sensores para interagir com o mundo real. Essa integração permite a manipulação digital de equipamentos de modo remoto, podendo acionar um motor ou abrir uma válvula.

Outras tecnologias como computador de borda também são integradas com dispositivos telemáticos para melhorar a eficiência no armazenamento de dados e diminuir o tráfego de dados através de redes de transmissão.

Onde a telemática é aplicada?

Aplicativos como uber eats possuem opções de monitoramento da localização atual da sua encomenda em tempo real.

Como é possível monitorar a localização atual da sua encomenda?

Informações como localização atual em tempo real são transmitidas pelo smartphone do entregador, que utiliza tecnologias de telecomunicação como 4G para o envio de informação.

Com a ajuda da telemática podemos obter muitas outras vantagens como:

  • Distância percorrida
  • Tempo parado
  • Tempo em movimento
  • Velocidade
  • Distância entre local de partida até o objetivo final

Com toda essa informação à disposição é possível fazer previsões de quando a encomenda irá chegar até seu destino final. Automóveis também podem ter dispositivos de telemática instalados, obtendo muito mais vantagens, principalmente caminhões de carga.

O controle e monitoramento de caminhões através de um sistema central torna possível um gerenciamento mais eficaz, podendo melhorar a produtividade, segurança e o gasto, pois a utilização de sensores permite que dados sejam enviados ao sistema central. A adoção de dispositivos de telemática em automóveis também auxiliam os motoristas com a otimização de rotas.

Diferença do GPS com a telemática

O GPS faz parte da telemática. A telemática em si, não se limita apenas a um dispositivo, podendo ser um termo usado para descrever a comunicação entre dispositivos que usam técnicas de telefonia e informática.

Um carro que possui dispositivo telemático é capaz de ser controlado e monitorado através de algum aplicativo remoto. Isso favorece empresas de transporte, que possuem múltiplos veículos sob o seu domínio, podendo monitorar de forma detalhada os veículos pelo sistema central.

telematics example

Vantagens da telemática

Com o uso da informática é possível usar algoritmos que ajudam desde simples cidadãos até grandes empresários em vários aspectos. Alguns exemplos são:

Produtividade

  • Notificação de estradas congestionadas ou paralizadas
  • Recomendação de rotas que demoram menos tempo para chegar ao seu destino
  • Recomendação de estradas com menos elevações (morros, subidas)

Segurança

  • Localização de algum veículo roubado
  • Notificação de colisões de modo remoto
  • Notificação remota de comportamentos praticadas pelo motorista considerados arriscados

Compliance

  • Coleta de dados em relação ao tempo percorrido
  • Coleta de dados em relação a quantidade de gasolina usada

Integração

  • Capacidade de visualizar imagens transmitidas de uma câmera dentro do carro remotamente
  • Capacidade de integração de aplicativos customizados

Conclusão

A telemática pode ser um grande investimento para negócios automobilísticos, podendo melhorar o monitoramento e gerenciamento de veículos significativamente.

O uso da telecomunicação permite a transferência de informação por longas distâncias. Já a informática, pode integrar várias outras técnicas como automatização de tomadas de decisões.