Financiamento coletivo

Foca principalmente em projetos com potencial e projetos que despertam o interesse de investidores, não sendo necessariamente focado na carência.

Categoria de Estratégia

Postado em 11 setembro 2022

Atualizado em 11 setembro 2022

Visualizações: 89



A internet permitiu que plataformas filantrópicas fossem criadas para ajudar as pessoas de alguma forma. Doações feitas através de mídias sociais para pessoas necessitadas é algo bastante comum. Hoje, aplicativos de fintech, como o pix utilizado no Brasil, além de facilitar o processo de doação, possibilitou a integração de sistemas, automatizando processos.

Sem dúvidas, a digitalização de moedas e o pagamento online revolucionaram o modo de fazer negócio, podendo conectar pessoas com interesse em comum para alcançar objetivos ou pelo menos para permitir que cada pessoa possa contribuir com algum projeto de alguma forma.

O financiamento coletivo é um exemplo disso, tendo bastante destaque recentemente e tendo ajudado várias pessoas com projetos inovadores.

O que é o financiamento coletivo?

Financiamento coletivo é um termo que vem do inglês “crowdfunding”.

O financiamento coletivo é a arrecadação de capital para algum propósito. Se expressado de um modo mais simples, esse termo também pode ser chamado de vaquinha.

Esse método surgiu em 2006 no exterior, chegando no Brasil 4 anos depois. Antes do crowdfunding, outras formas de obtenção de capital para combater problemas sociais já era realizado, através de emissoras de televisão ou em caixinhas físicas de doação que podem ser encontradas em certos mercados.

Por que fazer financiamento coletivo?

O propósito do financiamento coletivo é atingir uma meta de capital para que um projeto possa ser financiado. Geralmente, projetos que mostram um grande potencial são os mais bem financiados, uma vez que podem despertar um grande interesse por parte dos contribuintes.

O financiamento coletivo é realizado na internet, usando plataformas de crowdfunding onde qualquer pessoa pode ter acesso e direito de doar, contribuir ou investir no projeto de interesse.

financiamento coletivo

Como funciona o financiamento coletivo?

Os projetos de financiamento coletivo podem ter sua ajuda financeira apenas uma vez ou múltiplas vezes, algumas vezes essa ajuda também pode ser mensal.

Os tipos de projeto variam e se limitam aos tipos que a plataforma disponibiliza. Alguns exemplos de tipos de projetos são:

  • Jogos
  • Aplicativos
  • Literatura
  • Quadrinhos
  • Podcast
  • Música
  • Jornalismo

É bastante comum ter projetos que levantam mais do que 30.000 reais em plataformas famosas como a catarse, a plataforma mais famosa do Brasil.

Cada projeto tem uma meta de capital a ser obtida. Caso a capital necessária não seja obtida até o prazo determinado, o dinheiro arrecadado volta para os seus donos.

Vantagens para os contribuintes

Alguns projetos também disponibilizam recompensas criativas para os seus contribuintes, como brindes, objetos raros e versões especiais do produto, atraindo ainda mais investidores.

Apesar de disponibilizar brindes não ser algo obrigatório nesse conceito, muitas pessoas adotam essa prática para se destacar entre os concorrentes.

Conclusão

O financiamento coletivo foca principalmente em projetos com potencial e que despertam o interesse de investidores. A capital arrecadada é devolvida para os seus donos caso a meta limite não seja alcançada.

Plataformas de financiamento coletivo já ultrapassam milhões de reais em obtenção de capital para auxílio de projetos, realizando sonhos de muitas pessoas.