Digitalização

A digitalização é a transformação de informação analógica em dados binários, facilitando a cópia, edição e processamento desses dados.

Categoria de Tecnologia

Postado em 15 junho 2022

Atualizado em 15 junho 2022

Visualizações: 357



Nos primórdios da comunicação entre dispositivos, os sinais analógicos eram o modo de transmissão padrão mundial. Antenas transmitiam sinais analógicos que constantemente sofriam ruídos, prejudicando a qualidade de transmissão de aparelhos como televisão e rádio.

Quanto mais uma cidade era modernizada, mais chances de deterioração sofria o sinal analógico, devido a sensibilidade em relação às interferências externas.

Porém, isso não era tratado como um problema na época. Era muito comum o próprio cidadão trocar a posição da antena com o intuito de melhorar a recepção desses sinais.

Com a chegada da era digital, muita coisa mudou, principalmente o modo de transmitir sinais. Hoje, a grande maioria dos dispositivos usam comunicação, transmissão e processamento digital. Esse processo de transformar sinal analógico em digital é chamado de digitalização.

O que é digitalização?

A digitalização é um termo usado para definir o ato de converter uma tarefa ou processo analógico em digital.

O uso das expressões “analógico” e “digital” no dia a dia, podem ter inúmeros significados. Porém, na área de computação a expressão “digital” está fortemente ligada a numeração binária.

A transmissão e processamento digital utilizam a numeração binária, que é composta por 0 e 1.

Em um circuito digital, o fluxo de energia é representado de forma binária.

Número 0: Não há fluxo de energia
Número 1: Há fluxo de energia

sinal digital

O sinal analógico é contínuo. Diferente do sinal digital que só possui duas variações de numeração (binário), o sinal analógico pode ter infinitos números e ter mais precisão em expressar os dados.
sinal analógico

Entretanto, mesmo omitindo detalhes, esses dados podem ser usados da mesma forma sem problemas.

A digitalização transforma o sinal analógico em sinal digital.

Como funciona o processo de digitalização?

O processo de digitalização na computação transforma os valores do sinal analógico em valores binários.

Exemplo de um sinal analógico:

1.454, 4.247, 8.234, 16.976, 32.437, 50.349, 100.239

Ao transformamos o sinal acima em sinal digital, teremos o seguinte resultado:

1, 100, 1000, 10000, 100000, 110010, 1100100

O processo de conversão acima, possui uma desvantagem, a perda de informação. No momento em que convertemos em sinal digital, as seguintes informações foram perdidas:

0.454, 0.247, 0.234, 0.976, 0.437,0.349, 0.239

Porém, essa perda de informação não apresenta grandes problemas, visto que esses detalhes não são importantes.

Exemplos de perda de informação

No relógio analógico, os ponteiros marcam o horário atual de uma forma muito precisa. Geralmente, ignoramos detalhes, arredondando a informação na maioria das vezes.

O relógio analógico da imagem abaixo mostra algo em torno de 10:08. Perceba que falamos “algo em torno”, o que não é uma expressão precisa. Se observamos bem o relógio, poderemos chegar a conclusão que o horário atual poderia ser 10:08,3456.

analógico e digital

Já o relógio digital, exibi apenas a informação que precisamos, ocultando informações muito detalhadas.

Vantagens da transmissão digital

A transmissão tem inúmeras vantagens, principalmente em questão de usabilidade.

Resistente a ruídos

Devido ao aumento de dispositivos que se comunicam através de sinal de frequência como televisões, rádios e smartphones, a faixa de frequência disponível diminuiu drasticamente, gerando uma falta de largura de banda. Em outras palavras, o espaço para o envio de sinais está bastante ocupado.

Além disso, quanto mais longe esses sinais são enviados, mais força eles perdem no caminho.

Esses dois fatores interferem na qualidade de um sinal analógico que é prejudicado por ruídos mais facilmente.

Já o sinal digital é resistente à esses fatores pelo fato de utilizar o sistema binário.

Por exemplo, a representação binária em um circuito de 5 volts pode ser usado da seguinte maneira:

0 volts: Número “0”
5 volts: Número “1”

Caso haja interferência no circuito ou meio de propagação, 5 volts podem variar por exemplo entre 3 à 5 volts. Isso não é um grande problema, pois esses números ainda podem ser interpretados como o número “1”.

Fácil de copiar, editar e processar

Dispositivos analógicos necessitam de tempo e trabalho manual para serem processados.

Por exemplo, uma fita cassete usa rolos de fita para gravar informação, não sendo muito vantajoso em questões de cópia e edição.

Ao digitalizarmos essas informações, todos os dados são armazenados de forma binária. Essa é a forma utilizada hoje, onde podemos apenas copiar, editar e processar com softwares em segundos.

Conclusão

A digitalização é a transformação de informação analógica em dados binários, facilitando a cópia, edição e processamento desses dados.

O sinal digital é resistente à ruídos, tendo mais qualidade na transmissão de dados.

Progressivamente, meios analógicos, como papel estão sendo substituídos por meios digitais. Muitas empresas já armazenam documentos e dados em formato digital, largando tecnologias, por exemplo como o fax.