Sistema de produção de Toyota

Método que revolucionou o modo de produção do mercado automobilístico, aproveitando melhor os recursos e diminuindo o desperdício.

Categoria de Estratégia

Postado em 01 setembro 2022

Atualizado em 01 setembro 2022

Palavras-chave: toyota,desperdicio,producao,automoveis,automobilisticos,sistema,mercado,recurso,aproveitamento,management

Visualizações: 1094



Após a segunda guerra mundial, empresas como Ford fabricavam uma grande quantidade de carros. Esse sistema de produção de automobilísticos dos Estados Unidos era um método de produção em massa, vantajoso para atender as necessidades dos clientes, porém tinha um ponto negativo, como desperdício de recursos que se acumulavam nos depósitos da fábrica.

Países como o Japão, que pretendiam entrar no mercado de automobilísticos, não podiam arcar com custos muito altos e não tinham condições favoráveis ao método de produção em massa adotado nos Estados Unidos.

Dessa forma, Japão elabora um novo modo de fabricação de veículos, adotando técnicas inovadoras que revolucionaram a forma de produção automobilística. A empresa Toyota foi a empresa criadora desse método milagroso, também conhecido como sistema de produção de Toyota.

O que é o sistema milagroso de produção de Toyota?

O sistema de produção de Toyota é um método que evita o desperdício de recursos ao máximo no processo de produção.

O sistema de produção em massa que era utilizado na Ford, produzia uma grande quantidade de veículos com antecedência. Esse método atendia os pedidos de compradores rapidamente, porém o desperdício era frequente em relação a veículos que sobravam, além de gerar custos de mantimento até serem vendidos.

O método criado pela Toyota efetua a produção após a elaboração do planejamento de produção, assim produzindo apenas o necessário, evitando desperdício e diminuindo os custos.

O sistema de produção de Toyota é composto por dois métodos:

  • JIT (Just in time)
  • Jidouka (Melhor atuação dos funcionários na produção)

O que é o JIT no sistema de produção de Toyota?

JIT é a sigla para “just in time”, em português pode ser traduzido para algo como “produzir apenas o necessário no momento ideal”.

Apenas diminuir o desperdício não é a única barreira a ser enfrentada, caso recursos necessários para a produção estejam em falta, isso também pode gerar desperdícios em relação a gestão, consequentemente gerando mais custos.

Para o método JIT funcionar na prática, outro método é adotado, o método kanban.

O que é o método kanban usado no JIT?

Kanban é uma palavra que vem do japonês que significa placa ou etiqueta. Também sendo conhecido como “mecanismo de supermercado”.

Usando o método de reposição de mercadoria dos mercados como referência, o método kanban usa etiquetas com o nome e o código de gerenciamento do componente (recurso) para administrar a coleta desses componentes em cada processo.

método de placas toyota

Nesse método existem dois tipos de placas:

  • Placa de solicitação
  • Placa de coleta

O que é a placa de solicitação no método kanban?

Placa anexada na caixa de componentes que serão utilizados na produção do automóvel. Nessa caixa irão conter apenas a quantidade necessária para o processo posterior.

O que é a placa de coleta no método kanban?

A placa de coleta é anexada no momento da coleta, onde apenas a quantidade necessário é coletada e levada para o processo posterior.

Assim, baseando-se na quantidade coletada dos componentes, o reabastecimento é realizado no “processo anterior”, tornando a rotatória e a distribuição de recursos mais eficientes.

O que é jidouka (melhor atuação dos funcionários na produção) no sistema de produção de Toyota?

A utilização de máquinas para automatizar os processos de produção é algo bastante comum nas fábricas de automobilísticos, porém comportamentos inesperados de máquinas como irregularidades ou falhas podem ocasionar em produtos imperfeitos.

O método jidouka utiliza funcionários humanos que são acionados caso problemas sejam detectados no processo de produção. Nesse caso, pausando o processo e sendo inspecionado por funcionários humanos, que posteriormente irão pesquisar sobre o fato e tentarão evitar que o problema se repita no futuro.

Esse método evita que produtos com falhas cheguem ao estágio final de produção, consequentemente evitando o desperdício de recursos.

Quais são as vantagens em adotar o sistema de produção de Toyota?

O sistema de produção de Toyota traz 3 grandes vantagens para o processo de produção de automobilísticos:

  • Aperfeiçoamento em aspectos de qualidade (kaizen)
  • Melhor visão dos problemas
  • Melhor aproveitamento de recursos

Aperfeiçoamento em aspectos de qualidade (kaizen)

O aperfeiçoamento em aspectos de qualidade está ligado diretamente aos pontos fracos que o modo de produção tradicional possuía. O sistema de produção de Toyota cobre esses pontos fracos.

A expressão kaizen é uma filosofia de trabalho em constante evolução que visa buscar métodos para melhorar o preço, velocidade e qualidade dos produtos.

Melhor visão dos problemas

A adoção de método jidouka permite que os problemas possam ser percebidos e estudados por funcionários humanos. Assim, evitando problemas como produtos imperfeitos.

Melhor aproveitamento de recursos

O sistema de produção de Toyota elimina o desperdício em 3 aspectos:

  1. Eliminação de produção de produtos defeituosos
  2. Eliminação de problemas com grande quantidade de armazenamento de automóveis
  3. Eliminação de problemas como produção além do necessário

Conclusão

O sistema de produção de Toyota foi um método que revolucionou o modo de produção do mercado automobilístico, aproveitando melhor os recursos e diminuindo o desperdício.

Esse sistema utiliza 2 métodos bastante conhecidos mundialmente, sendo esses jidouka e o JIT.

Projetos práticos

Criando um jogo de pacman usando javascript e pixi.js (parte 1)

Desenvolvimento dos conceitos mais básicos do clássico pacman, como: mapa, animação, deslocamento e detector de colisões.

Criando um sistema de integração contínua (CI/CD)

Fazendo a integração contínua de Jenkins, Sonatype Nexus, Sonatype, JUnit e Gradle para automatizar processos repetitivos. Prática bastante usada em tecnologias de DevOps.

Usando dados fornecidos pelo TSE para simular o gráfico das eleições presidenciais de 2022

Simulação dos gráficos do segundo turno das eleições presidenciais, utilizando python e ferramentas de análise de dados, pandas e jupyter.

Tutorial de programação do jogo da serpente em javascript

Programando o clássico jogo da serpente usando o framework p5.js. Tutorial indicado para iniciantes da programação que querem aprender os conceitos básico da área criando jogos.

Desenvolvendo o campo de visão de um personagem em um plano 2D

Detectando objetos que entram dentro do campo de visão do personagem. Útil para servir de "gatilho" para eventos em um jogo.

Veja também

O endereçamento de dispositivos na internet é automatizado graças ao DHCP

Antigamente o endereçamento de dispositivos era feito manualmente, porém isso traz muitas dificuldades em questão de administração. O DHCP resolve esses problemas

Todo empreendedor deve estar consciente que cada funcionário é um humano, portanto deve reconhecer as tentações em alguns cenários

Estudar o comportamento das pessoas pode auxiliar um administrador a criar um sistema de fiscalização mais eficiente, evitando fraudes que prejudicam a imagem da empresa

Sistema operacional (OS)

Atua como intermediador, responsável por tarefas como funcionalidade de dispositivos de I/O e distribuição de memória entre aplicativos em execução.

PIX Sistema digital de pagamentos

Sistema desenvolvido pelo Banco Central do Brasil, capaz de fazer movimentações financeiras entre duas contas bancárias em segundos.

PPM Product Portfolio Management

Em português, gestão de portofólio de produto. É uma estratégia de análise utilizada para a distribuição de recursos para um produto ou serviço.

HR Tech

HR Tech é um software que auxilia na gestão de pessoas, tornando-se possível o gerenciamento centralizado na área de recursos humanos.