Compliance

Compliance tem muitas vantagens se bem compreendida pelos funcionários, seu objetivo é combater irregularidades dentro da empresa.

Categoria de Management

Postado em 24 fevereiro 2022

Atualizado em 26 julho 2022

Visualizações: 758

As empresas tem um papel muito importante na sociedade. Ela cria empregos, gera lucros e desenvolve serviços ou produtos que contribuem para a sociedade de alguma forma.

Quanto mais um empresa cresce, mais funcionários, investidores e clientes dependem dela. Quando uma empresa chega em um alto patamar, ela pode ter muitos problemas com o controle interno. Com tanto lucro gerado, a probabilidade de fraudes podem ficar ainda maiores.

O compliance tem como objetivo prevenir esses comportamentos irregulares dentro de empresas, trazendo muitas vantagens se bem compreendido e cumprido pelos funcionários.

Quando uma empresa não possui uma boa política de compliance, sua imagem pode ser prejudicada, afastando investidores e impedindo a empresa de crescer ainda mais.

O que é compliance?

Compliance, em português pode ser associado com palavras como integridade, compromisso e transparência.

Em geral, compliance é um conjunto de regras internas que tentam proteger a empresa de irregularidades como:

  • Fraudes
  • Erros humanos
  • Posturas polêmicas

Porém não se limitam apenas a isso. Essas regras podem variar, pois cada empresa possui sua visão, objetivo e valor. Esse termo pode abranger desde valores trabalhistas até obrigações fiscais.

compliance

Vantagens de adotar uma política de compliance

Adotar uma política de compliance traz uma imagem positiva, pois quando uma empresa adota esse tipo de postura, ela é muito bem aceita externamente, atraindo mais investidores.

As bases das regras de cada empresa abrangem respeitar manuais, éticas, modos e regras que ajudam a contribuir para a sociedade e para o bem da empresa em questões de transparência e confiança.

Como implementar o compliance na prática

Criar um código de conduta que sirva como base para os funcionários é importante para unificar as regras de trabalho.

Uma vez que o código de conduta é estabelecido, a fiscalização e monitoramento deverão ser realizados com uma certa frequência para que não haja irregularidades ou fraudes.

Além disso, um canal de denúncias de modo anônimo para que qualquer funcionário ou cliente possa fazer denúncias, é uma grande forma de proteger funcionários honestos e a integridade da própria empresa.

Exemplos de infrações de compliance

Exemplos de infrações de compliace são:

  • Cobranças de dívidas fraudulentas
  • Inadimplência fiscal
  • Vazamento de dados pessoais de clientes
  • Abuso de poder dentro de uma empresa
  • Altíssimos níveis de hora extra a ponto de prejudicar a saúde de um funcionário
  • Licitações fraudulentas

Empresas podem ser indenizadas caso ocorra um ato de infração de compliance, podendo adquirir má reputação no mercado, resultando em diminuição em suas vendas e afastamento de investidores.

Apenas criar regras para serem seguidas pode não ser o suficiente. Estudar o motivo que as fraudes acontecem como o triângulo da fraude, pode servir de referência para criar um sistema mais seguro em uma empresa.

Conclusão

Nunca se sabe quando podemos infringir alguma dessas regras acidentalmente. Por isso é muito importante sempre reavaliar as regras dentro da empresa e fiscalizar de modo rígido para que não haja infrações.

Por mais que um erro seja cometido por um estagiário, dependendo da escala do problema, toda a empresa pode ser prejudicada.

Compliance não é só criar regras, mas criar um sistema eficiente dentro de uma empresa para que não haja brechas para fraudes ou erros humanos.